..::data e hora::.. 00:00:00

Política

“Não cabe mais à mulher a submissão”, destaca Silene Siqueira durante ato do Mulheres Progressistas em Mâncio Lima

Mâncio Lima, o município mais ocidental do país, recebeu na terça-feira, 23, o ato das Mulheres Progressistas, que foi realizado no Restaurante Sabor Ocidental.

O partido no município tem à frente da Juventude, Pablo Azevedo na presidência; Elizângela Barbosa, secretária-geral; e no Diretório Municipal a empresária Silene Siqueira. Já o PP Mulher terá como presidente e vice-presidente, respectivamente, Maria José Dias e Francisca Dias.

As dirigentes demonstraram à plateia o preparo para assumir os postos de direção do partido, falando sobre a força feminina na política e a responsabilidade para administrar, seja o lar ou uma empresa

“A política de Mâncio Lima precisa de mulheres autênticas e capacitadas. Este Movimento Mulheres Progressistas é a semente que vamos difundir e seremos responsáveis para despertar mulheres com garra para executar e melhorar nossa sociedade”, incentivou a nova presidente do PP Mulher, Maria José.

Francisca Dias, vice-presidente, foi além, falando sobre as dificuldades que todas enfrentam, mas preferem calar, por falta de apoio. “Nós temos a missão de resgatar mulheres que estão silenciadas e darmos voz a elas”.

E ainda neste ambiente incentivador, a presidente municipal da sigla, Silene Siqueira, falou das dificuldades que enfrenta diariamente em um meio que ainda tem predominância masculina, porém reforçou que as mulheres não devem se deixar amordaçar, mas sim, perseverar, pensando no coletivo. “É exatamente por vocês que tenho forças para estar na política. Não cabe mais à mulher a submissão”.

O evento contou também com palestra sobre Cidades Inteligentes, apresentada por Francinete Barros, e fechou com uma palavra de incentivo, realizada por Artur Neto.

Image
Image

banner mk xl

logo news2