..::data e hora::.. 00:00:00

Política

Afonso Fernandes convoca gestores municipais para audiência sobre TEA

Afonso Fernandes convoca gestores municipais para audiência sobre TEA

Na sessão da Assembleia Legislativa do Acre desta terça-feira (14), o deputado Afonso Fernandes, do Partido Liberal (PL), falou da audiência pública que foi proposta pela mesa diretora da Casa, e que reuniu representantes das comunidades ligadas ao Transtorno do Espectro Autista (TEA).

“Ontem presidi uma audiência pública neste plenário, onde tivemos a oportunidade de estarmos juntos com as comunidades do TEA, secretaria de saúde, ministério público, secretaria de educação e defensoria estadual”, destacou o deputado Fernandes.

O evento contou com a participação emocionante de mais de 50 mães de autistas, que compartilharam suas experiências e necessidades. Fernandes ressaltou a importância do papel legislativo em ouvir e intermediar as demandas dessas comunidades. “Fizemos então o que é nosso dever, ouvi-los e de intermediar com as autoridades competentes algumas resoluções”, afirmou.

Ainda de acordo com o parlamentar, durante o encontro foram expostos depoimentos comoventes, evidenciando a urgência de melhorias nos serviços voltados para o TEA. Ele também reconheceu os esforços já realizados pela Assembleia Legislativa, incluindo a aprovação de projetos que visam aprimorar os atendimentos, mas enfatizou que ainda há muito por fazer.

“Recebemos depoimentos bem emocionantes, sabemos que esta casa tem tido uma responsabilidade grande com a causa aprovando inclusive alguns projetos que melhorem esses atendimentos, mas muito ainda precisa ser feito”, ressaltou.

Um ponto de preocupação levantado foi a ausência de representantes municipais, especialmente da Prefeitura de Rio Branco, na audiência. Afonso Fernandes expressou sua decepção com a falta de engajamento por parte dos gestores municipais, destacando a importância da participação de todos na busca por soluções para as questões relacionadas ao TEA.

“Quero registrar ainda uma ausência que não pode passar em branco, ausência dos gestores municipais, de um representante da prefeitura de Rio Branco na audiência pública de ontem. Acredito que essa causa precisa ser de todos e ninguém da prefeitura de Rio Branco se fez presente”, lamentou.

Diante disso, o deputado anunciou sua intenção de propor um novo requerimento para convocar os gestores municipais a participarem de outra audiência, a fim de discutir novamente as questões relacionadas ao TEA. Ele enfatizou a necessidade de unir esforços em busca de melhores condições para crianças, jovens e adultos autistas.

“Nós precisamos buscar dias melhores para essas crianças e jovens. E para os autistas adultos que muito pouco atenção recebem”, concluiu o deputado Afonso Fernandes.

banner mk xl