..::data e hora::.. 00:00:00

Saúde

Moderna é mais eficaz contra variante Delta em comparação com Pfizer

Segundo estudo publicado no domingo (8), a eficácia da vacina da Moderna contra a cepa diminuiu de 86% para 76%. Enquanto isso, a da Pfizer caiu de 76% para 42%

Um estudo publicado no domingo (8), ainda sem revisão por pares, mostrou que a vacina da Moderna é mais eficaz contra a variante Delta da Covid-19 em comparação à da Pfizer. A primeira apresentou uma eficácia de 76% contra a cepa originária da Índia. Já a segunda, que está disponível no Brasil, registrou eficácia de 42%.

O estudo foi feito com mais de 50 mil pacientes no Mayo Clinic Health System e mostrou que as duas vacinas perderam um pouco de sua eficácia contra a variante altamente transmissível. Enquanto a proteção da Moderna foi de 86% para 76%, a da Pfizer foi de 76% para 42%.

Segundo Venky Soundararajan, pesquisador que liderou o estudo, uma dose de reforço de ambas as vacinas deve ser necessária, mesmo que elas permaneçam eficazes na prevenção da hospitalização por Covid-19. 

“Continuamos a acreditar em um terceiro reforço de dose pode ser necessário dentro de 6 a 12 meses após a vacinação completa para manter os mais altos níveis de proteção”, disse um porta-voz da Pfizer à CNN.

Um outro estudo foi feito em residentes de lares de idosos em Ontário, no Canadá, que produziram respostas imunológicas mais fortes após a vacina da Moderna. Mesmo assim, idosos podem precisar de reforços do imunizante e outras medidas preventivas, disse Anne-Claude Gingras, que liderou o estudo canadense.

Image
Image

logo news2