..::data e hora::.. 00:00:00

Polícia

Detento de 41 anos é encontrado morto em cela do presídio de segurança máxima de Rio Branco

Detento de 41 anos é encontrado morto em cela do presídio de segurança máxima de Rio Branco

Oceu Rocha Martins, de 41 anos, foi encontrado caído no chão de cela nesta quarta-feira (29), no presídio Antônio Amaro Alves. Ainda não se sabe, segundo o Iapen-AC, o que causou a morte do detento

O detento Oceu Rocha Martins, de 41 anos, foi encontrado morto na manhã desta quarta-feira (29) no presídio de segurança máxima Antônio Amaro Alves, no Complexo Penitenciário de Rio Branco.

De acordo com o Instituto de Administração Penitenciária do Acre (Iapen-AC), ele estava com outro homem com quem dividia a cela. Ao acordar, o colega disse que encontrou Oceu caído no chão desacordado e então chamou um policial penal.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, mas não deu tempo de prestar socorro, já que o detento morreu no local. Ainda segundo o Iapen, que publicou uma nota pública nesta quarta, não havia sinais de violência em Oceu e nem no outro que dividia a cela com ele.

O Instituto Médico Legal (IML) foi ao local e o corpo foi encaminhado para exames de necrópsia. O Instituto aguarda o laudo pericial, que deve determinar o que causou a morte do detento. “Que, neste momento de profunda dor, Deus conforte o coração dos familiares”, disse o presidente do Iapen-AC, Alexandre Nascimento.

O g1 apurou que Oceu foi preso em setembro de 2017, durante uma operação integrada entre as forças de Segurança, acusado de crimes como furtos e assaltos. Naquela época, ele tinha um mandado de prisão em aberto por homicídio.

Durante a prisão dele, as investigações apontaram que a quadrilha a qual ele integrava era responsável por um assalto em uma loja de eletrodomésticos, de onde levaram vários celulares em Rio Branco. Além disso, também furtaram uma loja de ferramentas motorizadas no município do Bujari.

banner mk xl