..::data e hora::.. 00:00:00

Polícia

Criminosos gravam momento em que invadem Cidade do Povo e atiram contra rivais no AC; um morreu e 7 ficaram feridos

Ataque ocorreu na noite dessa segunda-feira (5) no conjunto habitacional que fica na região do Segundo Distrito de Rio Branco. Entre os feridos, um ficou em estado grave e foi levado ao PS. Ninguém foi preso

Moradores do conjunto habitacional Cidade do Povo, na região do Segundo Distrito de Rio Branco, viveram momentos de tensão na noite dessa segunda-feira (5). É que um grupo de criminosos armados invadiu as ruas do bairro e efetuou vários disparos contra rivais.

Eles gravaram o momento da invasão e o vídeo viralizou nas redes sociais. Nas imagens, é possível ver vários homens armados correndo pela rua do bairro e são efetuados vários tiros.

Na ação dos criminosos uma pessoa foi morta e outras sete ficaram feridas, sendo que uma delas ficou em estado grave e foi levada ao Pronto Socorro da capital. A vítima fatal foi o preso monitorado por tornozeleira eletrônica Yuri Matheus de Lima Cavalcante, de 26 anos. Ele estava dentro de uma lanchonete quando foi atacado com vários tiros e facadas.

jovem webPreso monitorado por tornozeleira eletrônica, Yuri Matheus Cavalcante, foi morto na ação criminosa — Foto: Cedida

Os criminosos chegaram no bairro em dois carros, segundo informações da polícia. O ataque iniciou na quadra de grama sintética da Cidade do Povo. No local, os bandidos feriram cinco homens com tiros nos pés, mãos e nádegas. Em seguida, eles correm pelas ruas atirando e uma outras duas pessoas são baleadas no meio da rua, sendo que uma delas é a que ficou em estado grave.

Após a ação, os bandidos ainda roubaram uma caminhonete e uma motocicleta para a fuga. Alguns metros depois, eles abandonaram os veículos e conseguiram fugir do local. A polícia recuperou os veículos roubados, mas nenhum dos criminosos foi localizado.

Equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram acionadas e prestaram socorro aos feridos. Além disso, atestaram o óbito de Cavalcante. O corpo dele foi removido e levado ao Instituto Médico Legal (IML) para os devidos procedimentos.

A polícia informou que vai repassar mais informações sobre o caso em uma coletiva nesta terça (6). As investigações devem ser conduzidas pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Image
Image

logo news2