..::data e hora::.. 00:00:00

Polícia

Após 10 dias, família ainda não tem informações sobre paradeiro de jovem que sumiu ao ir a mercado em Rio Branco

Polícia Civil investiga o caso, mas prefere não dar informações. Elionai da Silva Souza desapareceu na sexta-feira (26) quando saiu para fazer compras para a avó

Já são dez dias sem notícias sobre o paradeiro do jovem Elionai da Silva Souza, de 18 anos, que desapareceu no último dia 26 de março, após sair de casa para ir a um mercado no bairro Cidade Nova, no Segundo Distrito de Rio Branco.

Uma das responsáveis pelo rapaz, a prima Daniela Fernandes, disse que nesse domingo (4) a família recebeu informação de que ele foi visto na quinta-feira (1) nas proximidades da Corrente, também no Segundo Distrito. Os parentes informaram à polícia sobre a notícia e também fizeram buscas por conta própria, mas não encontraram o rapaz.

“Recebemos essa informação, que nem sabemos se é verdadeira, que viram ele próximo à Corrente, desorientado, uma pessoa suja. Criamos uma esperança de que poderia ser ele, porque pelo jeito que o rapaz falou, parecia muito com ele, mas não é nada certo. Passamos a informação para o investigador da polícia e fomos até Senador Guiomard, porque diz que ele perguntou o caminho de lá. Mas, não encontramos e estamos aqui nesse desespero. Então, qualquer informação que alguém tiver, por favor nos avise”, disse a prima.

Souza saiu de casa para fazer compras para a avó por volta das 16 horas de sexta (26) e depois disso teria ido na casa de uma amiga, mas, ao sair da casa dela, desapareceu.

A família fez um boletim de ocorrência ainda na sexta, mas, tornou a fazer o registro da ocorrência na segunda (29), quando a polícia iniciou as investigações. O caso foi registrado na Delegacia da Segunda Regional, no bairro Cidade do Povo.

Ao G1, o coordenador da regional, delegado Lucas Pereira, voltou a dizer que as investigações estão em sigilo e que, portanto, pode repassar informações sobre o caso.

“A Polícia Civil está empenhada para solucionar esse desaparecimento o quanto antes para os familiares e amigos do rapaz. Nas próximas semanas nós estamos empenhados em conseguir desvendar o motivo desse desaparecimento.”

Apelo

Daniela conta que quando Souza demorou para chegar, a avó ligou e ele disse que ia lanchar e voltaria, mas, depois foi na casa de uma amiga. Por volta das 20 horas, o rapaz já estava com o telefone sem sinal, a prima chegou a enviar mensagem e ele também não respondeu e a família saiu para procurá-lo.

Daniela reforça o pedido para que se alguém tiver visto o jovem e tiver alguma informação que avise a família, que está desesperada. Ela disse que a família já procurou o rapaz em todos os locais possíveis.

“A família toda está aflita, estamos preocupados e se alguém tiver notícias, que avise para termos alguma pista, uma coisa certa. Se não quiser falar com a gente, avise a polícia. Peço ajuda porque é horrível ficar sem nenhuma notícia”, pediu.

Daniela contou que após deixar a casa da amiga, Souza teria mandado mensagem a ela como se tivesse se despedindo.

“Essa amiga contou que depois que saiu de lá, ele mandou mensagem para ela como se fosse de despedida, pedindo desculpa e outra amiga contou que ele mandou mensagem também como se não fosse mais falar com ela, não se despedindo diretamente, mas nesse tom”, acrescentou.

Image
Image

logo news2