..::data e hora::.. 00:00:00

Amazônia

Pastel de tacacá e saltenha de moqueca de peixe: casal aposta em sabores regionais no Acre

Desde o ano passado, casal de empreendedores decidiu apostar na receita. Recheio do pastel tem jambu e camarão.

O acreano já provou que realmente é louco por tacacá, tanto que já arranjou uma maneira de deixá-lo em pó e exportar. Mas, agora um casal de autônomos foi ainda mais longe e uniu duas paixões acreanas: o pastel e o tacacá.

É isso mesmo, você não leu errado. Desde o ano passado Carmelinda Gonçalves e o marido dela, Landerson Barbosa, fazem o pastel de tacacá, que substitui a cuia pela massa do pastel, mas mantém a principal característica da bebida: a dormência na boca.

Basicamente, o tucupi, jambu e camarão são o recheio desse pastel.

“Nós já vendíamos salgados e na época trabalhávamos apenas com serviço de buffet delivery. A gente queria fazer um salgado diferente: testamos fazer a saltenha de Moqueca cremosa de peixe com camarão e deu super certo. Um colega do ramo lançou a saltenha de jambu, daí achamos a ideia ótima e adaptamos ao nosso jeito, com uma massa mais delicada e sabor de tucupi mais realçado. Ano passado, queríamos algo idealizado por nós mesmos, então pensamos que o que tem de mais regional no Acre é o tacacá. Fizemos experimentos, adaptamos e o resultado foi muito bom, surgiu o pastel de tacacá”, conta Carmelinda.

pastel 002 webPastel de Tacacá — Fotos: Tácita Muniz/G1

Uma boa pedida para as temperaturas amenas registradas no Acre desde a quinta-feira (6), o tacacá é uma bebida quente, tipicamente amazônica e que deixa uma leve dormência na boca. A receita, originária dos indígenas paraenses, surgiu a partir de uma sopa denominada “mani poi” e é muito popular nos estados do Acre, Pará, Rondônia, Amapá e Amazonas.

O pastel é feito com a massa comum, servido quente e deixando a famosa dormência na boca causada pelo jambu. Quem pede o pastel no local em que é servido ainda tem direito a caldinho para acompanhar.

Mas, não é somente esse prato tipicamente nortista que ganhou forma de pastel no empreendimento do casal. No cardápio, também tem saltenha de moqueca; pastel de pirarucu, além do escondidinho de carne seca e até uma receita doce; o pastel acreaníssimo, que leva brigadeiro branco com canela e banana comprida frita.

pastel 003 web

pastel 004 web

Image
Image

logo news2