..::data e hora::.. 00:00:00

Geral

RBTrans diz que rodoviária de Rio Branco não tem vigilantes por falta de recursos e que já pediu ajuda à PM

Um caixa eletrônico foi roubado do local. Comando da Polícia Militar informou que não há efetivo suficiente para manter posto policial na rodoviária, mas que são feitas rondas na região

Alvo de um grupo criminoso que usou até caminhão guincho para levar um caixa eletrônico, a rodoviária de Rio Branco não tem vigilantes e nem posto policial. A informação foi confirmada pelo diretor administrativo e financeiro da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (RBTrans), Benício Dias.

O diretor afirmou que não foi por falta de tentativas que o local não possui segurança armada. Segundo ele, ofícios foram enviados ao gabinete militar da Prefeitura de Rio Branco para serem repassados à Polícia Militar solicitando a presença de policiais na rodoviária e de rondas constantes. No entanto, a resposta, segundo ele, sempre foi que não há efetivo disponível.

Além disso, Dias informou que a autarquia não possui recursos financeiros para manter vigilância armada no local.

“Entendo que a segurança na rodoviária do Acre é da polícia do estado, ou seja, quem tem que fornecer segurança para o local é o governo do estado, através da Polícia Miliar, o que não aconteceu, apesar da minha insistência como diretor administrativo. Fiz requerimentos pedindo policial militar para a rodoviária, viaturas para passar por lá, mas infelizmente não tive êxito. E a RBTrans não tem a segurança armada, em razão do valor que é pago para um posto, que é muito caro”, afirmou.

O comandante-geral da Polícia Militar do Acre, coronel Paulo César Gomes, afirmou que realmente não há efetivo suficiente para manter um posto policiais na rodoviária, mas que rondas são feitas na região.

“Temos um termo de cooperação com a Prefeitura onde temos alguns policiais cedidos para lá, inclusive esse pessoal faz patrulhamento no Mercado, no Terminal Urbano, então tem esse convênio, e inclusive vai estar sendo aditivado até para aumentar o valor e tentar expandir. Mas, isso é administrado pelo gabinete militar da Prefeitura. O que a PM tem tentado fazer é o patrulhamento normal, passando por esses locais, e a gente realmente não tem condições de manter um posto fixo lá na rodoviária, não tem efetivo”, afirmou o comandante.

Roubo de caixa eletrônico

Conforme a polícia, ao menos quatro bandidos usaram dois carros pequenos e um caminhão modelo guincho para fazer o roubo na rodoviária. Ao receberem a informação sobre o caso, policiais do 2º Batalhão da Polícia Militar (PM-AC) fizeram buscas na região e, no Ramal do Macarrão, avistaram os suspeitos que fugiram a pé pela mata e abandonaram os veículos.

O caixa eletrônico ainda estava na carroceria do caminhão quando a polícia encontrou e, dentro dos carros, foram achados rádios comunicadores e ferramentas para arrombamento. Os veículos apreendidos e o caixa foram levados para a Delegacia de Flagrantes de Rio Branco (Defla).

Ainda segundo a polícia, no ramal também foi localizado um homem de 38 anos que estava junto com o grupo criminoso. Ele informou que contratado pelos suspeitos para fazer um frete e que não tem envolvimento com o crime.

O homem relatou ainda à polícia que o ponto inicial do frete foi na Avenida Antônio da Rocha Viana, próximo à ponte e que depois foi rendido e mantido como refém dentro de um dos veículos usados pelos criminosos. Ele também foi levado para a Defla para os devidos procedimentos.

Image
Image

banner mk xl

logo news2