..::data e hora::.. 00:00:00

Geral

Pelo segundo ano seguido, prefeitura cancela feira do peixe por causa da pandemia em Rio Branco

Ceasa fica aberta nesta quinta-feira (1º) para atendimento ao público e venda de peixes, hortifrútis e hortaliças. Também estão abertos outros mercados da cidade, como o Elias Mansour, Mercado do Centro, na Estação Experimental e da 6 de Agosto.

Devido à pandemia do novo coronavírus, a Prefeitura de Rio Branco cancelou pelo segundo ano seguido a tradicional Feira do Peixe e Agricultura Familiar da Semana Santa, que ocorre na Central de Abastecimento da capital acreana (Ceasa). A medida é para evitar a aglomeração de pessoas.

Apesar da suspensão da feira, o mercado fica aberto nesta quinta-feira (1º) para atendimento ao público. Porém, devido o decreto estadual que fecha os serviços não essenciais como o comércio durante finais de semana e feriados, o local deve ficar fechado nos dias 2, 3 e 4 de abril.

Nesta quinta, são comercializados além dos vários tipos de peixes outros itens como hortifrútis e hortaliças. A prefeitura ainda orienta que o consumidor use máscara ao sair para fazer as compras e mantenha o distanciamento.

Rio Branco é a cidade com o maior número de casos da Covid-19, segundo o último boletim da Secretaria de Saúde do Acre de quarta-feira (31), com 31.834 pessoas infectadas.

Vendas

No ano passado, mesmo sem feira, o diretor de apoio à Agricultura Familiar, Fernando Guedes, informou que foi comercializado mais de uma tonelada de pescado e neste ano eles esperam que seja superado esse número. Ele acrescenta que mesmo com o cancelamento da feira, os produtores devem ter boas vendas.

“Conversamos com os produtores, piscicultores, fizemos visitas nas comunidades deles e alguns já estavam vendendo para alguns supermercados e mercados, mas, os mercados também estão abertos. Nós cancelamos apenas a feira. Lógico que com todos os protocolos de segurança”, pontuou.

Guedes explica que a produção está sendo vendida e que os produtores até o momento não estão tendo prejuízo por causa do cancelamento da feira. Mas, ele ressalta que a pandemia de um modo geral tem gerado algumas perdas.

“Lógico que a nossa economia de modo geral tem várias perdas por conta da Covid, mas temos dado todo suporte, colocando os boxes aqui dentro do mercado da Ceasa à disposição dos produtores. Comunicamos com bastante antecedência para quem tivesse interesse de expor a produção. Atendemos também piscicultores de municípios próximos, como Bujari e Porto Acre”, acrescentou.

Além da Ceasa, também estão abertos outros mercados da cidade, como o Elias Mansour, Mercado do Centro, na Estação Experimental e da 6 de Agosto, segundo informou Guedes.

Image
Image

logo news2