..::data e hora::.. 00:00:00

Brasil/Mundo

Defensoria quer que X pague R$ 1 bilhão por danos morais ao Brasil

Defensoria quer que X pague R$ 1 bilhão por danos morais ao Brasil

Órgão argumenta que a postura de Elon Musk representa uma “instrumentalização de plataformas digitais para fins ilícitos”

A Defensoria Pública da União encaminhou, nesta sexta-feira (19), um pedido à Justiça Federal solicitando que a plataforma X/Twitter seja condenada a pagar a quantia de R$ 1 bilhão. O valor requerido se refere a danos morais coletivos e danos sociais atribuídos ao Brasil.

O órgão argumenta que a postura de Elon Musk representa uma “instrumentalização de plataformas digitais para fins ilícitos”, apontando para uma “grave responsabilidade das empresas e de seus gestores” e indicando uma “indução e participação em atividades criminosas que atentam contra o tecido democrático da nação”.

As alegações da DPU têm como base uma série de ataques iniciados pelo bilionário Elon Musk contra o ministro Alexandre de Moraes no início de abril.

Entre as ameaças feitas por Musk estava a intenção de reativar perfis bloqueados por decisões judiciais. Esses acontecimentos geraram reações do ministro, que incluiu o empresário nos inquéritos relacionados às mídias digitais e aos atos ocorridos em 8 de janeiro.

Além do pedido de indenização milionária, a Defensoria Pública da União solicita que o X/Twitter seja obrigado pela Justiça a adotar práticas de moderação de conteúdo segundo as leis que assegurem os direitos à liberdade de expressão e informação.

Isso incluiria a remoção de publicações ilegais e o cumprimento de decisões judiciais. A DPU também requer que a empresa coopere prontamente com as autoridades, fornecendo respostas rápidas às solicitações, e que apresente relatórios detalhados sobre as medidas tomadas para cumprir as determinações judiciais.

Além disso, a defensoria sugere a contratação de entidades independentes para realizar auditorias na empresa.

banner mk xl